quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Legado x Lenda



Esta semana eu li um artigo muito interessante em que Kenny Conleyescreveu algo de grande importância sobre liderança e gostaria de dividir alguns pontos com vocês. Algo impressionante sobre lenda e legado.
Deixe-me explicar o que isso significa. Se você deixou uma “lenda”, isso significa que você pode ter sido o que a gente pode chamar de  popstar e ter deixado um buraco muito grande com a sua ausência ou saida. Você foi incrível!. As crianças sentirão a sua falta. Os pais vão sentir a sua falta. Os voluntários estão com muita saudades. Durante anos, eles falarão sobre como foi maravilhoso enquanto você estava lá. Então você é uma lenda. Provavelmente vai ser fácil para as pessoas se lembrarem de como você foi OTIMO, porque na sua ausência, as coisas não são tão boas como eram antes? Por quê? Porque a melhor parte sobre o ministério era você e você levou isso com você quando saiu.
Quando você deixa um legado, o seu ministério se torna muito menos você e mais sobre as pessoas que servem com você. Embora você possa ser incrível no palco, um comunicador de primeira para os pais, a mente mais criativa que sua igreja viu, você torna tudo isso secundário para o desenvolvimento de outros para que eles se tornarem grandes jogadores nessas mesmas áreas. Você investe em seus líderes para que eles sejam incríveis no palco, para que sejam comunicadores de primeira para os pais e que sejam mais criativos para sua igreja. Quando você opera sob a mentalidade de deixar um legado, você faz o ministério ser melhor do que qualquer coisa que você podia fazer. E o mais importante, quando você deixa um legado, é possível que você deixe o ministério em silêncio e que apenas um punhado de pessoas perceba.
Deixar uma “lenda” agrada o nosso ego, mas não servem a igreja local. Deixar um legado é construir o Reino, é a arte de multiplicar e criar algo que dure além do que você previa.
O trabalho árduo vem do trabalho nos bastidores, o desenvolvimento de pessoas para fazer melhor o que você faz.                                                           
Pense um pouco sobre isso. Você pode achar que é um presente de Deus para o Ministério de crianças em outras palavras ser um popstar. Quem se importa?                                                                                                                                        
Se você não está construindo em outros e deixando um legado, isso realmente não faz nenhuma diferença a longo prazo.

Pode ser um tema bastante polêmico porque muitos líderes de ministério realmente não entendem isso.                                                                       Finalizando… Eu poderia até arriscar  dizer que a maioria dos líderes de ministério infantil não fazem isto. A verdadeira maneira de medir o seu sucesso ou insucesso não é determinar até onde você foi, mas sim meses e anos após a sua partida é que vão revelar que tipo de líder de ministério você foi. Em todo caso uma das coisas vai acontecer:

Quando você sair, você vai deixar uma “lenda” ou um “legado”?

oministeriodecriancashoje.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Template designed using CRIANDO LAYOUTS