♥10 bons motivos para se fazer...♥

10 bons motivos para se fazer um planejamento no início do ano.
I – Possibilita reflexão sobre o trabalho realizado no ano anterior.
II – Possibilita a integração entre os professores, os que já estavam na escola com os que chegaram, pois sabemos que sempre há alguns professores novos.
III – Possibilita a análise dos dados do processo ensino e aprendizagem dos alunos, em que nível conceitual está, quanto já avançaram no seu desenvolvimento real, potencial e proximal.
IV – Possibilita a discussão coletiva e o conhecimento das ações desenvolvidas pelos diferentes professores, no ano anterior, é necessário que todos da escola discutam os objetivos que pretendem alcançar, permitindo assim o inicio do planejamento anual, que constituirá o ponto de partida que determina, justifica e da sentido à intervenção pedagógica.
V – Possibilita a construção compartilhada do planejamento, de todas as ações desenvolvidas na sala de aula, evitando assim a fragmentação dos objetivos e conteúdos, seja na educação infantil, nos ciclos do ensino fundamental ou no ensino médio.
VI – Possibilita compartilhar, discutir e analisar qual concepção de ensino e aprendizagem os professores trabalham, quais suas experiências, quais as experiências que foram produtivas e não produtivas para os alunos.
VII – Possibilita que a instituição se constitua como unidade educacional e que construa dinamicamente, com consciência um planejamento, no qual estão expressa as teorias e os saberes que sustentam a prática pedagógica dos professores.
VIII – O planejamento dá sentido às ações do dia-a-dia do professor, reduzindo assim o improviso, sua prática tem uma intencionalidade definida a partir dos objetivos que pretende alcançar.
IX – O professor tem a oportunidade de ser autor consciente de seu trabalho, saber por que está fazendo desta e não de outra forma.
X – O planejamento com os objetivos bem definidos a partir das capacidades que se pretende que os alunos desenvolvam, certamente reduzirá as condutas contraditórias com os objetivos educacionais compartilhados e teremos melhores avanços no processo ensino-aprendizagem.
Para fazer um planejamento que atenda tanta diversidade é necessário que o professor faça uma profunda reflexão e mudança de sua prática e mudar é sempre muito difícil, não bastam bons cursos de formação, é muito complexo, Morin diz que “O ser humano tende a afastar tudo o que é complicado”, ele prega que se faça, com urgência, uma modificação nessa forma de pensar e conclui que “Só assim vamos compreender que a simplificação não exprime a unidade e a diversidade presente no todo”.

Perrenoud apresenta no seu livro Dez Competências Para Ensinar, alguns saberes para os professores,

· Trabalhar a partir das representações dos alunos.
· Trabalhar a partir dos erros e dos obstáculos à aprendizagem.
· Conceber e administrar situações-problema ajustadas aos níveis e às possibilidades dos alunos.
· Observar e avaliar os alunos em situações de aprendizagem, de acordo com uma abordagem formativa.
· Fornecer apoio integrado, trabalhar com alunos portadores de grandes dificuldades.
· Suscitar o desejo de aprender, explicitar a relação com o saber, o sentido do trabalho escolar e desenvolver na criança a capacidade de auto-avaliação.
· Desenvolver a cooperação entre os alunos e certas formas simples de ensino mútuo.
Nestes exemplos mostramos que Perrenoud, faz uma abordagem por competências, e que, se bem planejadas e colocadas em prática na sala de aula.

FONTE:BLOG EDUCADORES CRISTÃOS
___________________________

Dicas para congressos ...

Queridos amigos e irmãos em Cristo Jesus,

Existem muitos itens que considero importante na preparação de um congresso infantil, e antes de qualquer dica é necessário à cooperação entre a liderança do grupo e principalmente o apoio e ajuda da igreja e do PASTOR local.

Permita-me explanar alguns Itens importantes baseados em minha experiência com este ministério:

    1.    Objetivos do Congresso

Mais que importante é primordial levantar a questão para nós. QUAL O MOTIVO DESTE CONGRESSO ? Deve-se levantar uma CAMPANHA de oração e intercessão entre a DIRETORIA, pode ser de 15 minutos por dia (ou como queiram que seja) Para que não seja apenas uma "festa". Terá salvação de almas como prioridades (conversão de crianças) dizem de crianças da igreja e até de fora, pois eu aceitei JESUS com 10 anos e eu era filha de PASTOR , mas tive de aceitá-lo. Isto mudou a minha vida. Na verdade estes OBJETIVOS devem ser avaliados por cada integrante da DIRETORIA DO GRUPO e repassado para as crianças para reflexão. como por exemplo: Deus quer operar em nosso congresso, mas não só neste, nos cultos, nas nossas vidas diárias e etc...

    2.    Recursos para a realização do congresso

Para qualquer realização teremos de contar com recursos financeiros, e para tal é importante que o GRUPO tenha um TESOUREIRO (A) e este controle um "CAIXA" com registro e controle de gastos e receitas, e antecipe os recursos, e solicite junto ao PASTOR da igreja ofertas voluntárias de irmãos, já que o GRUPO INFANTIL não dispõe de membros que trabalham como mocidade e outros. Então é importante levantar o máximo de recursos possíveis para investir no evento.

3.      Equipe organizadora

O Grupo Infantil deve  pensar em CONGRESSO e deve ser uma EQUIPE motivada, e unânime entre si. É muito necessário o uso e aplicação do TERMO "planejamento" , a equipe deve ainda ser motivada pelo seu PASTOR LOCAL e pela IGREJA, deve correr atrás das coisas e buscar ajuda em vários recursos. Deve ser espiritual e ter visão de águia. Ver lá na frente os resultados e estar envolvida.

4.    Data do evento

Uma data adequada para a realização do evento, que facilite aos membros e as crianças para a sua participação, dê preferência às datas futuras, para a devida preparação dos demais itens.
     5.    Tema

O tema deve ser algo relacionado à vida aplicada das crianças e depois da igreja, são vários os congressos em que prego que o tema é um pouco distante da realidade de vida das crianças, que um EXEMPLO de como interagir com isso? TEMA: Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos. É um tema? Sim, claro que é, mas qual é a aplicação para as crianças ? É fáceis nós adultos entendermos isso, porém deve-se achar um tema sugestivo. Agora um outro exemplo: MATEUS 24-42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. Agora sim, é um tema sugestivo. Com outros grupos na igreja é possível à sugestão dos membros, já das crianças é um pouco complicado, pois muitos ainda não são alfabetizados. Então a DIRETORIA deve orar a DEUS e trocar idéias entre si de temas sugestivos.


    6.    Pregador (es)

Outro fator importante, na verdade sempre desejo convidar alguém que PREGUE para as crianças e traga a igreja também uma mensagem com a mesma direção. O que vemos é de fato um pregador ser convidado para crianças e prega para a igreja e as crianças ficam "boiando" por favor, eles esperam o ano todo para esse evento, aí vem alguém e prega para os adultos? Muito cuidado na escolha, deve-se conhecer a pessoa, ou pelo menos ter indicações a respeito dela. E sempre ter o aval do PASTOR LOCAL e consultá-lo antes.

    7.    Cantor (es)

Cantor é outro item importante, devem-se perceber os "talentos da casa" pois bem ao nosso derredor eles estão presentes. Dê preferência para cantores infantis ou pré-adolescentes, pois já que a festa é da criançada mesmo.

    8.    Uniformes

Este é o que mais me arrepia, (rsrsr) na verdade deve-se começar a programação com muita antecedência, eu aconselho programar de no mínimo de 03 a 06 meses, pois assim você pode ir programando o PARCELAMENTO do valor com os pais, cobrar a vista pode trazer transtornos para eles, então facilite. Lembrando que com 03 meses de antecedência você pode programar por exemplo: 01 mês para reuniões com os pais, e acordo de preços, cor, tipos e tamanhos e para tirar as medidas e os outros dois meses para a confecção do uniforme e recebimento das duas parcelas.

    9.    Decoração da igreja

A decoração dependendo da igreja, pode ser feita pelas "TIAS" e os jovens. Com recursos, na compra de BALOES, confecção de materiais de E.V.A. e etc. É muito sugestivo entre as TIAS , pois criatividade é o que não vai faltar. Uns detalhes importantes, cuidados com os balões na igreja, para que se o palestrante for usar algum recurso visual (Retro e cartazes) que não atrapalhem as crianças de vê-los, pois às vezes são colocados no meio da igreja e no fim pode atrapalhar, use as laterais, a entrada e etc...

10       Organização da programação em geral.

Enfim, para se ter um bom CONGRESSO deve ser ter uma EQUIPE motivada, e unânime entre si. É muito necessário o uso e aplicação do TERMO "planejamento" por isso se você tem interesse em fazer um congresso, repense nos OBJETIVOS acima citados, e OREM A DEUS e  busquem objetivos espirituais como, salvação, mover de DEUS, e principalmente, louvor e gratidão a DEUS.

EQUIPE TIAPRI.COM
 
Template designed using CRIANDO LAYOUTS