terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Professores estejam atentos!



Causas básicas do mau comportamento

A – Problemas:

1- Desatenção.
2- Atraso.
3- Falta de respeito aos mais velhos.
4- Mau comportamento.

B – Causas básicas do mau comportamento:


1- Físicas:

a- Arrumação inadequada da sala de aula. Os músculos estarão doloridos por estar sentado numa cadeira ou banco desconfortável? Há luz direta nos olhos? A sala é muito quente ou abafada? Todos podem ver da posição em que se encontram? Será que os alunos estão colocados de frente um para o outro e, por tanto, se destraem?
b- Fase de crescimento. Haverá atividades adequadas ao dispêndio de energia? O período de atenção a que se está submetendo o aluno não será muito longo? 

2- Sociais


a- Desejo de brincar.
b- Desejo de conversar.
c- Desejo de se expandir depois do período de disciplina.
d- Desejo de atrair a atenção sobre si.

3- Influencia do lar:

a- Falta de respeito pelos mais velhos.
b- Falta de disciplina no lar.
c- Ausência de influencia religiosa.

4- Ensino inadequado:

a- Trabalho mal organizado e mal preparado.
b- Dependência do material a ser ensinado, sem torna-lo vivo e interessante para os alunos.
c- Compreensão inadequada dos métodos de ensino.
d- Falta de amor e compreensão para com o aluno.
e- Atitude negativa: pouca esperança de que os alunos se comportem bem. Eles notam e agem de acordo.

5- Problemas psicológicos:

a- Complexo de rejeição.
b- Complexo de inferioridade.

6- Influencia satânica:

a- Ignorância (da parte do professor) de seus métodos.
b- Falta de oração suficiente (da parte do professor e da igreja).


C- A responsabilidade do professor:

1- Ore pela disciplina da classe e pela sua própria preparação. Lembre-se de que a oração resolve os seus problemas.
2- Ame os alunos. Eles sentirão e corresponderão a esse amor.
3- Aprenda os nomes de seus alunos e chame-os pelo nome.
4- Procure estar totalmente preparado quanto à lição e outras partes da aula. O professor preparado sente-se seguro. Os alunos percebem a falta de segurança da parte do professor mal preparado e tirarão vantagens disso.
5- Seja positivo. Espere que os alunos se comportem bem. Mostre apreciação pelo bom comportamento.
6- Mantenha atividades variadas. Os alunos se cansam facilmente de uma única atividade. Faça com que seu programa de ensino tenha andamento rápido.
7- Procure vigiar os alunos, mas sem chamar atenção às coisinhas sem importância. Se algum aluno estiver se comportando mal, mas não perturbando os demais, ignore-o.
8- Visite os lares dos alunos; ou telefone. Procure saber quais os seus problemas individuais.
9- Apresente o material de ensino de uma forma tao interessante que os alunos não tenham tempo para distrações.
10- Seja justo e compreensivo, porem firme.
11- Cumpra tudo o que prometer – Quer disciplina, quer prêmios.
12- Examine-se após cada aula. Tire o Maximo proveito de suas experiências.


D – Medidas preventivas:

1- Mantenha os alunos ocupados.
2- De oportunidade para o dispêndio de energias.
3- Procure evitar más condições atmosféricas na classe.
4- Procure proporcionar lugares confortáveis para todos, com assentos próprios para o tamanho do aluno. Faça os alunos ficarem de frente para o professor. Separe os mais desatentos. Deixe lugares vagos próximo à porta para os atrasados.
5- Evite ruídos desnecessários. Especialmente cântico muito estridente.
6- Estabeleça um método de o aluno pedir a palavra.
7- Inicie a aula na hora marcada, e mantenha os alunos ocupados desde a hora de entrar na sala de aula. Comece a aula com entusiasmo.


E – medidas corretivas:

1- Recolha o objeto que esteja causando desordem (se for preciso tirar do aluno algum objeto seu, coloque-o sobre sua mesa, ou num lugar visível, para que lê saiba que vai recebe-lo no final da aula. Peça para que ele não volte a trazê-lo à classe)
2- Coloque o dedo sobre o lábio pedindo atenção.
3- Pare de falar durante um minuto.
4- Olhe firmemente para o aluno desatento. Faça-lhe uma pergunta, chamando-o pelo nome.
5- Detenha temporariamente um premio para o desobediente.
6- Dê oportunidade para o aluno desatento ajudar em alguma coisa, mas cuidado para não dar a impressão de premiar a desatenção.
7- Converse com o aluno fora da classe sempre que for possível e trate-o com amor.
8- Expulse o aluno da classe quando necessário, mas nunca sem aconselha-lo. Seja justo e mantenha a simpatia da classe.
9- Não ameace desnecessária e injustamente. Porem, se ameaçar algum castigo, execute-o.

F – Devemos evitar:

1- Não castigue fisicamente.
2- Não ralhe com o aluno por desatenção, antes se examinar se seus métodos estão interessantes.
3- Não envergonhe um aluno diante da classe, a não ser que seja inevitável. Fale com ele depois da aula.
4- Não corrija os alunos se estiver zangado. Espere até poder falar-lhes com amor.
5- Não premie o aluno que apenas deseja chamar atenção sobre si. Dê responsabilidades àqueles que realmente merecem e que podem corresponder.

fonte:www.umadu.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Template designed using CRIANDO LAYOUTS